Notícia

Plastivida apoia nova fase do “Plástico do Bem”
Ver mais notícias Página inicial
 A Plastivida e o Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho (Simplás) iniciaram nesta segunda-feira, dia 15 de abril, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, a implantação oficial da nova fase do projeto Plástico do Bem, iniciativa de educação ambiental criada para compartilhar conhecimentos de separação, acondicionamento e destinação de resíduos plásticos pós-consumo para a reciclagem. O projeto também visa disseminar o conceito de economia circular, contribuir para a geração de recursos extras às escolas da rede pública e instituições de apoio social por meio da reciclagem de plásticos e gerar benefícios para o meio ambiente. Além das entidades, a ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação da cidade.

O Plástico do Bem será implementado em 81 instituições de educação fundamental ao longo dos próximos meses, e oferecerá mais de 160 horas de capacitação para cerca de 3,5 mil educadores e 35 mil estudante e seus familiares. Em função da grande adesão de instituições e participantes do projeto, as ações serão divididas em núcleos de implantação. O primeiro será realizado entre os dias 15 e 18 de abril e 29 de abril a 03 de maio, e atenderá 15 escolas, aproximadamente cerca de 650 professores e 6 mil estudantes.

Palestras - A Plastivida será responsável pelas palestras aos educadores e alunos ao longo da ação. O objetivo será apresentar as principais características, aplicações e reciclabilidade do plástico nos mais variados segmentos, o consumo consciente e a destinação correta deste material para reciclagem. Os participantes tambémreceberão o livro "Nós e o plástico" (clique aqui e faça o download do livro), que aborda os temas apresentados nas palestras. “Estamos realizando um trabalho de transformação, por meio da qualificação do conhecimento. O Plástico do Bem é mais uma iniciativa do setor plástico que estimula o cidadão a adotar práticas”, afirma Miguel Bahiense, presidente da Plastivida.

O material plástico arrecadado pelos estudantes e suas famílias nas próprias residências e vizinhanças é reunido e comercializado pelas escolas para, assim, gerar renda extra para cada instituição aplicar da forma que considerar mais adequada.

O ciclo se completa com a participação de uma empresa recicladora conveniada, que faz a coleta, aquisição, processamento e reinserção de todo o volume arrecadado na cadeia produtiva do plástico.

Resultados preliminares

No ano passado, entre março e dezembro, a cidade de Farroupilha implementou o projeto Plástico do Bem em 22 escolas. Foram capacitados cerca de 500 educadores, com o engajamento de mais de 6,5 mil alunos e seus familiares. Juntos, eles arrecadaram nas suas próprias residências e comunidade, 18 toneladas de material plástico. Todo este volume foi coletado por uma recicladora, que faz a aquisição, o processamento do plástico. Neste período, as escolas levantaram a quantia de R$ 14 mil.

Em março deste ano, o Plástico do Bem concluiu a capacitação de 14 educadores e mais de 430 alunos do programa Florescer, do Instituto Elisabetha Randon, braço de ação social das Empresas Randon, nas unidades Interlagos (Randon) e Forqueta (Fras-le).

Escolas participantes da 1ª etapa

·         E.M.E.F. Arnaldo Ballvê (bairro Santa Catarina)

·         E.M.E.F. Caldas Júnior (bairro Petrópolis)

·         E.M.E.F. Catulo da Paixão Cearense (bairro Panazzolo)

·         E.M.E.F. Engenheiro Mansueto Serafini (bairro Pôr-do-sol)

·         E.M.E.F. Giuseppe Garibaldi (bairro Cristo Redentor)

·         E.M.E.F. Governador Roberto Silveira (bairro Kayser)

·         E.M. Especial de E.F. Helen Keller (bairro Nossa Senhora de Lourdes)

·         E.M.E.F. Ítalo João Balen (bairro Cruzeiro)

·         E.M.E.F. Luiz Antunes (bairro Jardim América)

·         E.M.E.F. Vereador Marcial Pisoni (bairro Bela Vista)

·         E.M.E.F. Zélia Rodrigues Furtado (bairro Nossa Senhora do Rosário)

·         E.M.E.F. Sete de Setembro (bairro São Luiz da 6ª Légua)

·         E.M.E.F. Mário Quintana (bairro Diamantino)

·         E.M.E.F. José de Alencar (bairro São Victor Cohab)

·         E.M.E.F. Jardelino Ramos (bairro Presidente Vargas)

Sobre a Plastivida – A Plastivida é o instituto socioambiental dos plásticos e atua de maneira colaborativa, por meio da educação ambiental, para disseminar informações precisas e científicas sobre os plásticos - suas propriedades, aplicações, reciclabilidade, além do uso responsável e descarte adequado - a fim de contribuir com o desenvolvimento social e ambiental. Para mais informações: www.plastivida.org.br

(Fonte: Paulo Tonon/M.Free Comunicação)

Endereço
Rua João Abbott, 257 - Sala 404 | Petrópolis
CEP 90460-150
Porto Alegre | RS
Telefones
(51) 32093525
Siga-nos